loading...

8 ideias para empreender sem sair de casa

Como bem diz carismática e aclamada película francesa; “O fabuloso Destino de Amélie Poulain”: “São tempos difíceis para os sonhadores”. Por sorte, nos lembrou Walt Disney, que se podemos sonhar, podemos realizar. E foi justamente com essa motivação que separamos 8 ideias para empreender sem sair de casa.

 

 

 

 

 

1. Receita de Família

Sabe aquela receita de bolo que está há muitas gerações em sua família? Então, que tal usá-la como carro-chefe para desenvolvimento de um novo negócio? Pode ser aquele sanduíche, ou aquela torta, ou até mesmo aquele pastel de forno… O mercado alimentício é um, entre os que mais têm crescido nos últimos anos. E apesar de marcas e produtos serem lançados na indústria alimentícia todos os dias, os consumidores estão colocando atenção sobre produtos “handmade”, que carregam consciência, valores e histórias.  Aproveite esse momento de ascensão e dê continuidade a essa história, levando-a para muitas outras famílias. A nossa dica é: concentre-se em desenvolver um bom produto, com um bom design e com um sistema de entrega delivery, que seja eficiente..

 

2. Venda Direta

As vendas diretas, são excelentes opções àqueles que têm uma performance de venda já desenvolvida. Além de haver muitas marcas que usam a metodologia das vendas diretas, é possível reunir sua clientela sem precisar sair de sua casa; um café da tarde com amigas, um treinamento, uma mostra de trabalho, uma noite de degustação, podem ser algumas das opções estratégicas para reunir seu público alvo e aumentar, ou até mesmo criar uma renda. 

 

3. Personalização de Camisetas e Canecas

Abrir uma empresa de personalizados não é algo complexo, e é o tipo de negócio que pode começar em sua casa. Você vai precisar de um computador e conhecimentos básicos de design, máquinas de estampar/personalizar e claro, os produtos. As entregas podem ser feitas pela internet, ou presencialmente através de um entregador qualificado. Sem dúvidas, uma excelente oportunidade de negócio. Afinal, quem nunca precisou de camisetas, copos, canecas e materiais personalizados para sua empresa ou evento?

 

4. Marketing de Afiliados

No sistema de marketing de afiliados, você usa as plataformas digitais (redes sociais, e-mail, blog) para divulgar e vender um produto e/ou divulgar uma marca através de links, hiperlinks e banners. E você é remunerado de acordo com seu desempenho. É possível ter um faturamento relevante com esse trabalho.

 

5. Aluguel de quarto ou cômodo para estudantes e viajantes

Se você tem um quarto ou cômodo sobrando em sua casa, você pode alugar para intercambistas, estudantes ou até mesmo viajantes que estejam turistando em sua cidade. Você poderá optar por locar o espaço aos finais de semana e feriados, durante as férias, ou por temporadas mais longas. Tudo vai depender de sua disposição e objetivo financeiro.

 

6. Bazares e brechós

Nos Estados Unidos os “Garage Sales” (em tradução livre: “Vendas de Garagem”) são muito comuns. E a prática tem crescido muito no Brasil, graças aos influenciadores digitais, fashionistas e adeptos ao consumo consciente. Isso porque as vendas de garagem, bazares e brechós, trabalham sempre com a venda de produtos que -geralmente- já foram usados algum dia, e por estarem em bom estado, são repassados por um valor acessível. Objetos de decoração, cosméticos naturais, artesanatos, peças de roupas, calçados, acessórios, livros, eletroeletrônicos e eletrodomésticos são algumas das categorias encontradas em evento como estes. Que tal juntos os desapegos dos amigos e criar uma nova fonte de renda?

 

7. Loja virtual/E-commerce

Há diversas plataformas excelentes na internet, para começar sua loja virtual hoje mesmo. Você precisará apenas seguir alguns passos, e fotografar os produtos a serem divulgados e vendidos. Uma excelente alternativa e totalmente gratuita, é a plataforma Instagram. O Instagram funciona como uma galeria de imagens, com a diferença que você pode adicionar textos, palavras-chaves, localização, marcação de pessoas e até mesmo a precificação e link de acesso ao produto. Vale a pena dedicar um tempo a conhecer a plataforma. Além dela, você também poderá usar o Facebook como plataforma de venda. Faça o teste! Quem sabe o seu negócio virtual não expande e você cria uma grande marca?

 

8. Freelancer Home Office

Por fim, nossa dica de ouro é: estude (mesmo que seja a distância), especialize-se e torne-se um freelancer adepto ao formato Home Office. Como freelancer, você poderá definir onde irá trabalhar, com quem irá trabalhar e com o quê irá trabalhar. Sem contar a autonomia que tem sobre sua agenda e seus horários. Vale a pena pesquisar mais sobre isso, viu?!

 

Está esperando o quê para tornar-se o dono do seu próprio negócio e a empreender sem sair de casa?