loading...

Seguro de Vida é uma carta de Amor

A grande verdade é que a gente nunca sabe qual o momento exato em que a vida simplesmente nos pegará de surpresa e pregará suas peças. Por mais saudáveis, dispostos, atenciosos e verazes que sejamos, nossa vida não depende apenas de nós mesmos. Nada mais somos do que circunstâncias e as escolhas que fazemos.

 

Por Thaís Lira

"A grande verdade, é que a gente nunca sabe qual o momento exato em que a vida simplesmente nos pegará de surpresa e pregará suas peças."

 

 

Aos 24 anos de idade, após uma partida de futebol e algumas dores abdominais, o Técnico de Informação e empresário Bruno, recebe um inesperado diagnóstico de câncer metastático. A família que pensava ter sempre o controle de tudo, se viu completamente virada do avesso. De repente, precisavam de todas aquelas coisas que até então, pareciam inúteis e efêmeras. De repente, a família se deu conta de algo importante, que carregarão para o resto de suas vidas: se há duas coisas indispensáveis na vida de um ser humano, essas duas coisas são elas: plano de saúde e seguro de vida.

 

A história de Bruno, nos conscientiza sobre a suma importância de um Seguro de Vida. Muitos problemas teriam sido evitados, se a família (ou até mesmo Bruno) tivessem tido, previamente, a consciência de que em algum momento da vida algo inesperado poderia simplesmente acontecer. Tudo teria sido menos burocrático, menos estressante, menos dolorido, mais seguro tanto ao Bruno quanto aos seus familiares.

 

Compreendemos através desse breve relato, de forma prática e esclarecida, que a contratação de um Seguro de Vida, estava longe de ser um "gasto desnecessário". Era na verdade, uma linda e consciente Carta de Amor.

"Seguro de Vida estava longe de ser um 'gasto desnecessário'. Era na verdade, uma linda e consciente Carta de Amor."



 


  A grande verdade é que a gente nunca sabe qual o momento exato em que a vida simplesmente nos pegará de surpresa e pregará suas peças
. Por mais saudáveis, dispostos, atenciosos e verazes que sejamos, nossa vida não depende apenas de nós mesmos. Nada mais somos do que circunstâncias e as escolhas que fazemos.

Para que você entenda melhor, precisaremos trabalhar sua imaginação, está bem? Talvez, seja desconfortável pensar sobre tudo isso. Mas acredite: é importante.

 

Imagine você, um homem de sucesso que construiu uma carreira profissional orgulhosa, dono de seu próprio negócio, ou funcionário de uma excelente empresa há muitos anos. Você também construiu uma família linda, saudável, bem sucedida. E para tudo ficar ainda mais excelente, está tudo bem com sua saúde.


De repente, o inesperado acontece.

Voltando do trabalho, você sofre um acidente por negligência alheia. Acidente de nível grave, que o deixou inválido, e que pode até mesmo, levá-lo ao óbito. Você como provedor da família, se dá conta de que está partindo e por um descuido, deixou tudo o que construiu para sua família, paralisar ou partir junto com você. De repente, tudo o que construiu, escorre por entre seus dedos.

 



Num momento reflexivo como esse, com certeza, seu pensamento seria diferente se você estivesse comprometido com um Seguro de Vida. Um contrato com uma Seguradora de Vidas/Pessoas, possui (obrigatório por lei) a cobertura para riscos de morte natural ou acidental, cobertura em caso de sobrevivência após acidentes graves, cobertura mediante diagnósticos de doenças graves que o levem a invalidez ou à morte, dentre outras coberturas importantes.


Suponhamos que o relato acima, realmente tenha acontecido com você.

Surge a primeira grande dúvida: o que ocorre se realmente protagonizasse um inesperado acidente como esse?

 

Seja por doenças, invalidez, morte acidental ou natural, o que ocorre é uma indenização financeira familiar, que poderá ser distribuída a você e/ou seus familiares em única vez ou em formato de renda fixa mensal. Tudo dependerá do plano escolhido por você. Todos esses planos e coberturas, podem ser combinados de modo que resultarão em produtos específicos; seguros de viagem, prestamista, educacional, entre outros.

O melhor a fazer, é entrar em contato com um de nossos agentes e sanar todas as suas possíveis dúvidas, e claro, descobrir qual o melhor plano para você.


Por mais doloroso que sejam momentos como este, você e seus familiares, ao optar por um bom Seguro de Vida, teriam proteção e segurança, mesmo diante de circunstâncias tão delicadas. Você poderá partir com mais tranquilidade, certo de que -apesar de sua partida- tudo ficará bem. E seus familiares se lembrarão sempre de você, não apenas pelo o que foi e pela história que construiu, mas por ter sido o autor de uma maravilhosa Carta de Amor que escreveu a eles, quando sequer imaginava o que estava por vir.

 

Entre em contato conosco, e escreva sua Carta de Amor hoje mesmo: Acesse o nosso site www.sicoobcoopercredi-sp.org.br/ ou ligue para nós: (11) 3113-2000

 

Artigo Protegido por Creative Commons. Todos direitos reservados à Sicoob Coopercredi-SP. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, podcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.